Da cozinha à sala de estar: um olhar sobre a gastronomia no jornalismo cultural brasileiro (2006)

Destinado a apresentar os resultados da dissertação de mestrado “Gastronomia: prato do dia do jornalismo cultural”, este artigo apresenta um mapeamento do jornalismo gastronômico, inserido no contexto do jornalismo cultural brasileiro contemporâneo. Optamos por centrar a análise nos gêneros crítica e crônica, por serem bastante freqüentes no jornalismo cultural, em quatro veículos de circulação nacional. Observamos que as crônicas apresentaram duas características comuns aos veículos Claudia Cozinha e Carta Capital: a interatividade e a narrativa. Verificamos que a crônica se caracteriza como um espaço da subjetividade, em que o narrador busca interagir com o leitor. Já as críticas não apresentaram estratégias comuns à Folha de S.Paulo e à Gula, exceto pela titulação descritiva. As críticas são exemplos do jornalismo de serviço, que oferece informações para usufruto do leitor.

> Confira a íntegra do artigo publicado na Revista E-Compós, da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação (Compós)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s